Escola de Games inova e cria treinamento para estimular a saúde mental de pessoas com 50+

Atualizado: 16 de ago. de 2021


A ideia de que os jogos eletrônicos são apenas para entretenimento ficou totalmente no passado. Hoje, as tecnologias usadas nessas plataformas podem trazer muitos ganhos, inclusive para a saúde mental e qualidade de vida. E com esse objetivo nasceu, há seis anos, a International School of Game, a ISGAME, desenvolvida pelo especialista em gestão estratégica de TI, Fabio Ota.

A ISGAME surgiu em São Paulo, em 2014, com aulas de desenvolvimento de videogames para crianças e adolescentes. Porém, ao avançar em suas pesquisas, Fabio Ota encontrou estudos que comprovavam a eficiência do uso de jogos para prevenção do Alzheimer.

Com isso, o momento pediu um novo foco com a dedicação em desenvolver uma nova metodologia para ensinar idosos a jogar e desenvolver videogames. Ota colocou tudo isso em prática e passou a dar aulas para o público com mais de 50 anos. “Nosso pensamento está em como usar a tecnologia para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas”, explica o CEO da ISGAME, que visa também atingir o mercado internacional em breve.

O método da escola virou estudo científico, feito com voluntários em 2016, onde a equipe de Fabio Ota submeteu seus resultados à Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) via PIPE (Programa Inovativo para Pequenas Empresas) e a ISGAME provou que os jogos podem não só estimular a cognição, como ajuda a melhorar seu declínio em pessoas com mais de 50 anos. Assim, a ISGAME foi contemplada com investimentos para seguir no desenvolvimento do projeto – e na segunda fase do programa, um novo aporte foi realizado, sendo possível, dessa vez, formatar um aplicativo.


Treinamento Cérebro Ativo


Com o objetivo de exercitar o raciocínio lógico e a memória, o Treinamento Cérebro Ativo para o público 50+ tem como premissa a estimulação cognitiva através da criação de jogos digitais. A primeira etapa do Treinamento é a Orientação Tecnológica, ao qual é possível introduzir e promover a inclusão e a autonomia digital. O segundo módulo é o Raciocínio Lógico, ao qual utiliza a tecnologia como ferramenta para o estímulo cognitivo. E a terceira etapa é a de Jogos Digitais, onde o aluno aprende a desenvolver, de fato, games para manter o cérebro ativo.


Aplicativo Cérebro Ativo


Dentro da equipe multidisciplinar da ISGAME, o foco está em aliar a tecnologia para melhorar a qualidade de vida, estímulos cognitivos, físicos e mentais. Assim, o aplicativo Cérebro Ativo possui exercícios que ajudam diariamente a treinar o cérebro de forma divertida, aprimorando a memória, atenção e o raciocínio lógico dos usuários, tendo como foco a longevidade com qualidade de vida, além de promover o hábito para treino e ser totalmente acessível para o público com mais de 50 anos.

O aplicativo tem como benefícios: estimular a atenção, a lógica, concentração, coordenação motora, memória, consciência corporal e interação social. É possível, ainda, que os usuários analisem seu progresso nos jogos e compartilhem com médicos ou familiares para acompanhamento.



20 visualizações0 comentário