top of page

Você sabia que um dos fundadores do instagram é Brasileiro?

Mike Krieger, um dos fundadores do Instagram, tem uma história de sucesso inspiradora no mundo da tecnologia e do empreendedorismo. Ele nasceu em São Paulo, Brasil, em 1986, e desde jovem mostrou um grande interesse por computadores e tecnologia.

Krieger estudou ciência da computação na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, onde conheceu Kevin Systrom, com quem fundou o Instagram em 2010. O Instagram rapidamente se tornou uma das redes sociais mais populares do mundo, permitindo que as pessoas compartilhassem suas fotos e vídeos, se conectassem com outras pessoas e explorassem novos mundos, tudo isso em uma plataforma fácil de usar e visualmente atraente.

Durante os primeiros anos do Instagram, Krieger trabalhou como engenheiro e liderou a equipe de desenvolvimento da plataforma. Ele ajudou a desenvolver os recursos inovadores que tornaram o Instagram tão popular, incluindo a capacidade de aplicar filtros em fotos e vídeos para melhorar sua aparência.

Em 2012, o Instagram foi adquirido pelo Facebook por US $ 1 bilhão, tornando-se uma das maiores aquisições na história da tecnologia. Krieger continuou a trabalhar no Instagram como CTO (Chief Technical Officer) e desempenhou um papel fundamental na expansão da plataforma em novos mercados e na introdução de novos recursos, como o Instagram Stories.

Em 2018, Krieger deixou o Instagram para buscar outros projetos empreendedores e filantrópicos. Ele fundou a iniciativa de investimento social "Future Justice Fund" juntamente com sua esposa e outros investidores, com o objetivo de promover justiça social e lutar contra a desigualdade.

A história de Mike Krieger é um exemplo inspirador de como a dedicação e o trabalho duro podem levar ao sucesso empreendedor. Ele é um modelo para muitos jovens que sonham em seguir carreiras na tecnologia e no empreendedorismo, e sua contribuição para a criação e desenvolvimento do Instagram deixou um legado duradouro na história da tecnologia e das redes sociais.

10 visualizações0 comentário
bottom of page