Empresa de Santo André expande negócios para Colômbia e México


A Esthetic Aligner, fabricante líder na produção nacional de alinhadores ortodônticos com sede no Grande ABC paulista, anuncia expansão de suas operações na América Latina: Bogotá, na Colômbia e Cidade do México. Além da produção feita no Brasil, a empresa também está presente em Portugal. Com as novas unidades, a expectativa é chegar a marca de 300 mil alinhadores produzidos por ano.

Os alinhadores são aparelhos ortodônticos transparentes e removíveis, que vieram para substituir para sempre a necessidade do uso de aparelhos fixos tradicionais, os conhecidos “bráquetes”. Atualmente, são produzidos de forma 100% digital, a partir de impressoras 3D de alta precisão.

Segundo o Dr. Fernando Buranello, sócio da Esthetic Aligner e diretor científico, a presença em novos países está relacionada ao reconhecimento global referente à qualidade do produto brasileiro, que vem crescendo a cada ano e, por consequência, ganhando a preferência do público no exterior.

“Os alinhadores são mais aceitos pelas pessoas e se tornaram destaques, devidoà qualidade, praticidade e estética. Somado a isso, a rápida produção, feita em apenas cinco dias, contribuiu para dar os primeiros passos em direção a outros mercados, como, Europa, Colômbia e México”, afirma Buranello.

A coordenação das novas filiais está à frente do Dr.William Fayad, ortodontista e presidente da Sociedade Colombiana de Ortodontia - na unidade de Bogotá, e de Ana Isabel Gutiérrez, membro da Academia Internacional de Ortodontia, no México.


Tecnologia faz sucesso entre os estrangeiros


De acordo com a Esthetic Aligner, mais de 1,3 mil dentistas mexicanos e colombianos já aderiram aos alinhadores Esthetic Aligner como alternativa prática no processo ortodôntico para seus pacientes.

“Tivemos uma grande aceitação no pré-lançamento do produto, que aconteceu de forma 100% online”, explica Buranello. “A ortodontia brasileira é reconhecida como referência mundial. Por isso, há uma grande busca por tratamentos ortodônticos estéticos com alinhadores nos países da América Latina”, finaliza.

7 visualizações0 comentário